Apresentação

Thiago Croft

Marconi ‘Kbessa” Costa

Enquanto terminavam os estudos, Marconi “kbessa” e Thiago Croft uniram suas ideias de mundo fantástico e iniciaram histórias de RPG que culminaram no Arcânia – Terra Plana.

Aço – Magia – Psiquismo – Tecnologia.

Apresentem-se aventureiros de toda Arcânia, o povo de Terra Plana clama por heróis. Cavaleiros cavalgam por terrenos acidentados, digladiando contra bestas perigosas, assim como magos voam pelos céus infinitos travando combates mágicos espetaculares, enquanto a alta sociedade disputa o poder em meio à luxúria; traição e (poucas vezes) honra. Essas são as peças do incompreensível jogo dos deuses que caminham entre os mortais. Está disposto a encarar este desafio?

O Guia Básico de Arcânia – Terra-Plana é um livro completo para jogadores e mestres criarem seus personagens e conduzir o jogo. São mais de 300 talentos e 600 magias, além de 115 monstros prontos para serem enfrentados. Com grande foco na versatilidade dos personagens.

Arcânia é quatro vezes maior que o nosso planeta Terra. Sendo gigantesco, os reinos têm proporções continentais, sendo possível jogar do 1º ao 20º nível sem nunca sair de um único reino. Já as aventuras de nível elevado podem levar os personagens a diferentes pontos do mundo; pelo universo em viagens espaciais; ou através do multiverso. Possui geografia, história e particularidades únicas, a começar por ser plano, cercado por geleiras e com os pontos cardeais um tanto quanto inusitados. Bem como as estações do ano que são regidas por lordes feéricos.

Arcânia – Terra-Plana adequa a mecânica do RPG clássico de Fantasia medieval para batalhas ainda mais desafiadoras e mortais, trazendo maior dramaticidade ao jogo. A magia é custosa, a cura é escassa. Ressurreições não agradam a Deusa Morte, que sempre tentará ceifá-la de volta.

As raças e classes foram desenvolvidas para serem fortes sem depender de itens mágicos. Deixando então de serem comercializados e apenas serão encontrados em aventuras, seja fazendo uma campanha para obter algum ou presenteados por patronos e mandatários.

Dentre as raças, além das já populares no meio RPGístico: humanos, elfos, anões, gnomos, pequeninos e meio-elfos, apresentamos as novas: elwins (um povo naturalmente psíquico), nuáritas (animalescos, disponibilizamos os felinos e coelho), edutrívicos (um povo gigante) e kzaelds (elfos negros). Outras novas raças serão apresentadas em breve.

São 20 classes iniciais: Aristocrata, Assassino, Bárbaro, Bardo, Caçador, Cartomante, Clérigo, Draconauta, Druida, Espadachim, Especialista, Feiticeiro, Guerreiro, Ladino, Lâmina Única, Mago, Monge, Paladino, Pistoleiro, Psíquico.

Vale ressaltar: a Cartomante é uma opção de suporte e conjurações, utilizando cartas de tarô, óleos essenciais e previsões astrológicas; já o Draconauta, o cavaleiro dragão, tem sua alma ligada a alma de um bebê dragão ainda no ovo e o treina até a vida adulta, como um parceiro e amigo para o resto da vida. Já o Lâmina Única é um guerreiro mago lendário, que utiliza uma espada gigantesca e conjurações arcanas. E o Psíquico possui diferentes campos de psiquismo como telecinésie, telepatia, psicometabolismo e psicocriação.